PROJETO MEIO AMBIENTE: CULTIVO DO HÁBITO DO USO DOS 5 rS

2011: Mais um ano letivo pela frente. Em 2010, realizamos com bastante êxito o projeto Gêneros Textuais (orais e escritos), objetivando conhecer, analisar e produzir textos ligados aos Valores Humanos. Neste ano, 2011,a proposta dos gêneros visa desenvolver habilidades e potencialidades relacionadas ao respeito pelo MEIO AMBIENTE, sobretudo à prática ao uso dos 5Rs (Respeitar, repensar, reduzir, reutilizar e reciclar). Por isso, abri um página - MEIO AMBIENTE - só com textos que discorrem sobre o tema. A Escola CIE não pode prescindir, num momento de agonia do planeta, do seu papel de construçao de cidadania. Aguardem!! “Se quisermos ter menos lixo, precisamos rever nosso paradigma de felicidade humana. menos lixo significa ter... mais qualidade, menos quantidade; mais cultura, menos símbolos de status; mais esporte, menos material esportivo; mais tempo para as crianças, menos dinheiro trocado; mais animação, menos tecnologia de diversão; mais carinho, menos presente... (Gilnreiner, 1992)

29 de junho de 2011

DICAS ELABORAÇÃO PROJETO PARA FEIRA DE CIÊNCIAS

A Feira das Ciências – CIE/ 2011 vem aí....

O tema gerador?

MEIO AMBIENTE: COLETA E DESTINAÇÃO CORRETA DO LIXO NA CIDADE DE RONDONÓPOLIS

Enquanto vocês vão pensando sobre o tema e sua delimitação, vão aí algumas dicas de como montar um projeto científico.

PROJETO DE PESQUISA

Como tudo na vida, a pesquisa científica exige ações planejadas. O projeto de pesquisa é o resultado deste planejamento, envolvendo a escolha do tema e sua delimitação, a formulação do problema, a especificação de objetivos, construção de hipóteses, operacionalização dos conceitos etc.
Elaborar um projeto significa colocar no papel, de maneira organizada, o que vamos fazer (tema e delimitação do tema), para que vamos fazer (importância da pesquisa), por que vamos fazer (objetivos, metas, finalidades), como vamos fazer, ou seja, que ações temos de realizar (metodologia) quando vamos fazer (cronograma), com quem vamos fazer (população-alvo, se for pesquisa de campo), qual é o palpite antecipado que temos para a solução do problema (hipótese) e, claro, uma boa e bem formulada Revisão de Literatura, que é a base de qualquer conhecimento.
Lembre-se: Projeto ainda não é o trabalho pronto, é só um planejamento organizado daquilo que vamos fazer. Portanto, não apresenta nem resumo, nem discussão de dados, nem conclusão, obviamente.

PASSOS PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO DE PESQUISA: (Faça isso num caderno separado. Cada aluno deve ter o seu.  Só depois de muito bem pensado, lido, relido e aprovado é que vocês digitarão o projeto para ser corrigido pelo professor-regente da turma).

1- Pense num assunto que lhe seja interessante e sobre o qual você gostaria de aprofundar seus conhecimentos, tirar uma dúvida, propor solução ou até mesmo solucionar o problema. Faça uma pesquisa sobre este assunto sob vários pontos de vista, ou seja, não fique num só texto. Ver se essa pesquisa é viável (possível de realizar); se é relevante (importante para você, sua comunidade ou até para humanidade); se é atual. Esse assunto é atrativo e significativo para mim e para sociedade? Pronto? Então, você já tem o...
2- TEMA: escreva o assunto escolhido em linhas gerais. Isso lhe dará um direcionamento do que vai ser estudado no trabalho. Todo tema é muito amplo, não há como falar sobre tudo; é preciso, portanto, escolher apenas um ponto, aquele que você julgar mais interessante, mais viável e mais relevante para todos. Então, é hora da...
3- LEITURA SOBRE O TEMA ESCOLHIDO: Selecione alguns textos sobre o tema escolhido. Pode ser de uns quatro autores diferentes ou até mais, de acordo com a necessidade. Depois, leia-os com atenção.  Faça resumo desses textos lidos num caderno reservado para isso. Não se esqueça de registrar a fonte do texto. Acho que com esses dados e com a ajuda de um adulto você já pode fazer a...
4- DELIMITAÇÃO DO TEMA: objeto de estudo, ou seja, o “recorte” do assunto do trabalho. Delimite com precisão esse recorte. Importante partir para a pesquisa com o “recorte” e o tema definidos. A pesquisa precisa ser delimitada.
           Toda pesquisa parte de um contexto. Considere um assunto no  universo no qual está inserido.  O assunto Trânsito, por exemplo, podemos “recortá-lo”  em vários objetos de estudo: Trânsito de motocicletas; A infração às regras de trânsito, Alcoolismo no trânsito e outros tantos.
Mas, se considerarmos estes primeiros “recortes” , poderemos ir “recortando” mais objetos de estudo (subsistemas) cada vez menores, restritos, localizados. Por exemplo, dentro do objeto de estudo Trânsito de Motocicletas, podemos recortar outros mais restritos, como Perigo sobre duas rodas: o alto índice de acidentes com motocicleta em Rondonópolis. Delimitando ainda mais: Perigo sobre duas rodas: o alto índice de acidentes com motocicletas nos finais de semana em Rondonópolis ou ainda Acidentes com moto em Rondonópolis: qual é a faixa etária dos envolvidos?
Fácil, não? Já está pronto para, a partir dos conhecimentos que já tem sobre o assunto, formular um problema? Ou será que as coisas ao nosso redor são tão perfeitas a ponto de não merecer um olhar mais profundo e crítico sobre elas? Está na hora da...


5- PROBLEMATIZAÇÃO OU DEFINIÇÃO DO PROBLEMA:  Tendo já formulados o assunto e o objeto de estudo,  você agora formulará, com clareza, um problema concreto: uma irregularidade, uma incoerência, um empecilho qualquer dentro do assunto, ou mesmo algo que deva ser melhor esclarecido, elucidado, estudado, para iluminar o conhecimento no âmbito do assunto e objeto de estudo escolhidos. Problema é, então, um desafio que motivou e/ou o impulsionou à pesquisa e deve ser formulado, preferencialmente, na forma de pergunta. Deve também ter uma base científica. Nada de  questionar valores ou propor julgamentos preconceituosos.
 Importante: lembre-se de se perguntar:  a resposta para essa pergunta é viável, relevante para a sociedade? De nada vale eu ter uma ideia brilhante se ela não for relevante para a sociedade ou possível de ser executada.

Exemplo de problema:
 De que modo se poderia deter, a curto prazo, o avanço dos índices de acidentes com moto nos finais de semana em Rondonópolis?
Ou
Falta aos motociclistas educação para o trânsito?
Ou
Que fatores contribuem para a o alto índice de acidentes com motociclistas em Roo?

Há também outras maneiras  para formulação do problema:
Há relação entre ... e ...?  Quais os efeitos de ... sobre ...?  Quais as características de ...?   Quais as semelhanças (ou diferenças) entre ... e ... ? (HÜBNER, 1998, p. 42-3)

Acho que está na hora de dar um nome ao projeto de pesquisa... Não se esqueça de que a pergunta deve estar bem articulada com tema e delimitação do tema. Não se perca pelo caminho. Fique atento. Acho que isso pronto, você já pode dar um nome ao projeto, mesmo que ele seja provisório...

5- TÍTULO: é a nomeação do tema da pesquisa mais um especificador que indica a temática abordada. Exemplo: Perigo sob duas rodas: o alto índice de acidentes com motocicletas nas ruas de Rondonópolis.
6- JUSTIFICATIVA/RELEVÂNCIA: Nesta parte, você vai explicar o porquê do trabalho, explicitando os motivos de ordem teórica e prática que justificam a pesquisa, deixando claro seu diferencial em relação a outras abordagens. É útil a presença de alguns dos pontos a seguir na argumentação da Justificativa: • como surgiu o problema levantado para estudo; • relação do tema com o contexto social; • relevância do tema do ponto de vista geral; • importância do tema para os casos particulares em questão; • considerar as possíveis contribuições teóricas do trabalho para a solução do problema levantado; • possibilidade de sugerir modificações no âmbito da realidade tratada pelo trabalho; • fundamentação da viabilidade da pesquisa; • referências aos aspectos inovadores do trabalho; • considerações sobre a escolha dos locais e períodos que serão pesquisados. Enfim, mostre a importância dessa pesquisa.

7- OBJETIVO GERAL (para quê? ou para quem?) define o que se pretende alcançar com a realização da pesquisa.

Exemplo: 
- conhecer quais os principais fatores que contribuem para o alto índice de acidentes com motociclistas na cidade de Rondonópolis, por meio de entrevistas  e pesquisa bibliográfica, para que  família, escola e instituições governamentais e de serviço, unidas, possam se mobilizar em prol da prevenção desses acidentes.

Veja se o objetivo está bem articulado com tema, delimitação do tema, definição do problema e justificativa. Não vá perder o fio da meada, hein!!. Muita atenção!

7.1 Objetivos Específicos: são os passos que se devem percorrer para alcançar o Objetivo Geral. Como estamos ainda dando os primeiros passos no caminho da pesquisa científica, vamos elencar tudo o que precisamos fazer para alcançar o objetivo maior. É uma forma de desenvolvermos nossa capacidade de antever, antecipar cada coisa que teremos de fazer. É como fazemos em nosso dia-a-dia. Planejamos tudo, mesmo que seja só mentalmente. No projeto, vamos elencar tudo, mesmo que algumas ações pareçam tão óbvias, a ponto de sermos tentados a deixá-las de lado.
Exemplo:
- fazer um estudo aprofundado sobre o tema;
- elaborar um ofício solicitando do Hospital Regional um levantamento do número acidentados com moto atendido no Hospital Regional em finais de semana;
- entregar o ofício no Hospital Regional;
- elaborar um roteiro de perguntas para entrevista com plantonistas do Hospital Regional; 
- elaborar o projeto;
- entrevistar plantonistas do Hospital Regional para saber as principais ocorrências traumáticas e a gravidade delas;
- levantar e tabular (pode ser em gráficos, tabelas, quadros comparativos) os dados coletados;
- analisar e discutir os dados coletados;
- montar o relatório final;
- preparar a apresentação – montar painéis com os recursos necessários.
- apresentar o relatório final (resultados da pesquisa) na Feira de Ciências do Centro Integrado de Ensino.


Atenção: Os objetivos específicos também devem ser coerentes com os passos anteriores e de acordo com aquilo que a pesquisa exige. Cabe ao pesquisador selecionar o que deve fazer conforme as exigências de sua pesquisa.

8- HIPÓTESE (S) Estabelecer uma hipótese é adiantar uma solução provável ao problema de pesquisa, enunciando uma resposta provisória. É, grosso modo, um palpite de solução para o problema. Porém, não é necessariamente a solução definitiva, porque as conclusões poderão confirmar ou não sua (s) hipótese (s). Assim, para deter o avanço dos acidentes com motocicleta em Rondonópolis, poder-se-ia partir da seguinte hipótese: (esta é uma das opções que temos para formular uma hipótese – optamos por ela, por nos parecer mais simples e didática – nada, porém, impede o professor-regente de mostrar aos alunos outras formas)

- Se conhecermos quais os principais fatores que contribuem para o alto índice de acidentes com motociclistas na cidade de Rondonópolis, por meio de entrevistas  e pesquisa bibliográfica;  então, poder-se-á mobilizar   família, escola e instituições governamentais e de serviço, no sentido de tomarem medidas em prol da prevenção desses acidentes.  (preferimos esta forma, por ela nos parecer mais didática – retirada do objetivo geral com devidas adaptações)

Ou

As instituições – família, escola e instituições governamentais e instituições de serviço como Rotary, Lyons etc. - devem se unir para diagnosticar as causas e propor soluções para  melhorar a educação no trânsito dos motociclistas  com vistas à prevenção de acidentes.

Mais uma vez: Não se esqueça de que as ideias entre si devem ser bem articuladas e coerentes.

9- REVISÃO DE LITERATURA: corresponde ao corpo do trabalho e será estruturado conforme as necessidades do plano definitivo da obra. As subdivisões dos tópicos do plano lógico, os itens, as seções, capítulos etc. surgem da exigência da logicidade e da necessidade de clareza e não de um critério puramente espacial. Não basta enumerar simetricamente os vários itens: é preciso que haja subtítulos portadores de sentido. Tem por finalidade colocar o leitor a par do que já se escreveram sobre tema. Ou seja, lembra-se do que foi feito no item 3?  Fez os resumos. Agora, está na hora de analisá-los e compará-los. Os autores dizem a mesma coisa? Trazem as mesmas informações? O que um diz que reforça ou contradiz a idéia do outro? Compile essas idéias e articule-as numa síntese que comporá sua Revisão Bibliográfica ou Revisão de Literatura.

10- METODOLOGIA E DELINEAMENTO DA PESQUISA:  você deverá descrever como irá fazer para dar conta do problema da pesquisa, ou seja, vai fazer a descrição formal do que você vai fazer, quando e como vai fazer para atingir os objetivos. Deixe bem explicitado principalmente tudo o que estiver relacionado à pesquisa de campo:  que tipos instrumentos você vai utilizar para conseguir coletar os dados necessários para a pesquisa (questionário, entrevista, observação...)? Quem será o público-alvo da pesquisa ( sexo, faixa etária, condição social... todas as informações que julgar importantes para dar credibilidade à pesquisa)?  Etc. Em outras palavras: a metodologia contempla a fase de exploração do campo e a definição de instrumentos e procedimentos para análise dos dados, explica o tipo de pesquisa a ser usado, a coleta dos dados e como estes dados serão tabulados e analisados para validar (ou não) sua (s) hipótese (s).Os questionários para entrevista, o requerimento ou ofício para as  visitas, palestras de profissionais devem figurar neste tópico. É preciso definir tudo agora, no projeto.

11- RECURSOS
Recurso de tempo
- elaboração do projeto e leitura sobre o tema: de quando a quando?
- execução do projeto: de quando a quando?;
- Registro, análise e discussão dos dados coletados: de quando a quando?
- elaboração do relatório final: de quando a quando?
- apresentação dos resultados: quando?
Recursos humanos (de quais pessoas e/ou profissionais você precisará para alcançar seus objetivos?)
Recursos financeiros (de que materiais precisará? Discrimine-os com preço: - tinta, cartolina, máquina fotográfica, papel, painel, etc.) Surpresas desagradáveis acontecem, mas são mais comuns aos que não são capazes de fazer um bom planejamento.
Ao final, o projeto de pesquisa deve ser assim apresentado: (seu professor lhe dará as dicas mais detalhadas sobre a montagem e sobre a estética e organização do projeto).

Capa
Folha de Rosto
Dedicatória
SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO          
1.1       Situação-problema
1.2       Definição do Problema
1.3       Objetivos
1.3.1    Geral
1.3.2    Específicos
1.4       Justificativas
1.5       Hipóteses 
2       REVISÃO BIBLIOGRÁFICA
3       METODOLOGIA E DELINEAMENTO DA PESQUISA
4       RECURSOS
4.1        de tempo
4.2        humanos
4.3        financeiros
5       REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
5.1       APÊNDICES (fotos tiradas por vocês, questionário a ser aplicado, mapas e/ou qualquer outro tipo de informação pertinente ao tema;  de vocês!)
5.2       ANEXOS (fotos, mapas, textos etc. pertinentes ao tema, mas feito por outrem).   

O PROJETO FICOU PRONTO. UFA!!  Seu professor vai corrigir e lhe dar algumas dicas valiosas para melhorá-lo e, assim, ajudá-lo a atingir seu objetivo mais facilmente.  Só depois disso é que partirá para a segunda etapa do trabalho :  execução do projeto conforme plano traçado. Você vai a campo para coletar dados, vai registrar dados coletados, compará-los, analisá-los, discuti-los, fazer as inferências e tudo mais que for preciso para atingir o objetivo estabelecido.
Com isso tudo em mãos, você elaborará o RELATÓRIO (as dicas de como montá-lo serão posteriormente repassadas) e se preparará para a APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS.

 Uma coisa de cada vez.  Reconheça cada etapa do trabalho.
1- ELABORAÇÃO DO PROJETO
2- EXECUÇÃO DO PROJETO
3- MONTAGEM DO RELATÓRIO
4- APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS
5- PREPARAÇÃO PARA APRESENTAR OS RESULTADOS
 6- APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DA PESQUISA NA FEIRA DE CIÊNCIAS DO CENTRO INTEGRADO DE ENSINO.               
                                  
                                                   Professora Arlete Fonseca de Oliveira               

Um comentário: